Restituição do Imposto de Renda RF paga o último lote do IR 2017

A Receita Federal pagará hoje R$ 3,1 bilhões de reais para mais de 2 milhões de contribuintes que tiveram a restituição do Imposto de Renda liberada no último lote de 2017.

Este é o sétimo e último lote da Restituição do Imposto de Renda a ser liberado pela Receita, além das restituições de 1,897 milhão de contribuintes entregues em 2017, os pagamentos do Imposto de Renda incluem também restituições que estavam trancadas no Fisco entre os anos de 2008 e 2016.

CONFIRA AQUI SE VOCÊ TEM GRANA A RECEBER

O valor a ser creditado será liberado automaticamente para a conta que você ou seu contador informou no ato da entrega da declaração do imposto de renda.

Publicidade:

Segundo a Receita Federal, deste total disponibilizado, mais de  100 milhões serão destinados para quase 24 mil contribuintes idosos e mais de 3 mil com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave. A medida segue a determinação do artigo 69-A da Lei nº 9.784, de 1999.

Se por acaso o valor não for creditado na conta que teve a restituição liberada, o contribuinte deve entrar em contato com qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para o telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o pagamento em conta-corrente ou poupança.

Publicidade:

Fique atento ao prazo: Os valores das restituições ficam disponíveis no banco durante o período de um ano. Se o contribuinte não fizer o saque nesse prazo, posteriormente apenas poderá fazer online.

 restituição do Imposto de Renda

Restituição do Imposto de Renda – Imagem Divulgação Receita Fed.

Publicidade:

Malha Fina Restituição do Imposto de Renda

Segundo o Fisco, mais de 747 mil declarações entregues neste ano encontram-se retidas na malha fina. O valor corresponde a 2,46% do total declarações apresentadas. Num total de documentos retidos 71,61% apresentam imposto a restituir e 24,49% tem imposto a pagar. A porcentagem de quem não apresentam imposto a restituir ou a pagar é de 3,9%.

Caiu na malha fina? Saiba o que fazer

Publicidade:

A retenção dos documentos ocorre devido a inconsistências nas informações prestadas, sendo 506.975 deles com a omissão de rendimentos do titular ou seus dependentes.

Existem também mais de 260 mil declarações de imposto de renda com divergências entre o IRRF informado na declaração e o informado nas DIRF, mais de 130 mil divergem a dedução de previdência oficial ou privada, dependentes, pensão alimentícia e outras, e quase 150 mil tem divergências relacionadas a despesas com saúde e planos.

Consultar Pendências da malha fina

Se você não sabe o motivo de estar na malha fina, entre em contato pois uma declaração pode estar retida na malha fina por diversas razões diferentes, segunda a Receita Federal.

Para consultar na Receita Federal quais as pendências existentes na declaração e suas possíveis causas, utilize o extrato do IRPF. Acesse a página da RF e em seguida vá em “cessar o extrato do IRPF no Portal e-CAC”:

Após acessar o e-CAC:
1) Clique em “Declaração IRPF”;
2) Escolha o exercício e selecione ” PENDÊNCIA ” no título “Serviços”.

Curta e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.